No. 95. Desistir é uma opção



Autoco_B9_logo_horiz_fundo-claro.png

UM PODCAST QUE ENTENDE VOCÊ

Quando a pressão por atingir resultados compromete a nossa saúde mental, sempre poderemos dar um passo atrás - como fez a ginasta americana Simone Biles, que desistiu de participar de provas das Olimpíadas de Tóquio. Este é um episódio para a gente refletir sobre a obsessão por "conseguir", o excesso de positividade e outros aspectos destes tempos que estamos vivendo. Desistir de uma coisa em nome de algo maior não é fraqueza, mas coerência. Não é vergonhoso, mas digno. Não é limitante, mas libertador. Tudo bem desistir. Desistir é uma opção.

Para ir mais fundo: "Sociedade do cansaço", Byung-Chul Han